12 incríveis esculturas pelo mundo

As esculturas são formas de arte que quando inseridas no meio urbano permitem adquirir um significado maior por estar imersa em um ambiente cheio de seres críticos e pensantes com bagagens culturais diferentes.

Independente do material com o qual é construída, ela tanto conta quanto cria uma história, dá alma a uma forma inanimada para despertar as mais variadas emoções. Amante dessa arte ou não, o que vale é apreciar e tentar entendê-la da sua própria forma; Confira algumas das mais surpreendentes esculturas que podem ser encontradas ao redor do globo:

  1. “Expansão” nos Estados Unidos

escultura1

A responsável por esta obra é a americana Paige Brandley. “Expansão” apresenta o corpo de uma mulher meditando na posição de flor de lótus sendo rachada por uma luz que emerge de seu interior. O mal que veio para o bem: originalmente não haveria nenhuma rachadura na obra, porém quando estava finalizando seu trabalho a peça caiu no chão. A restauração deu um novo significado inspirador para a figura, o da força interior que resiste a destruição.

  1. “Fantasma Negro de Klaipėda” na Lituania

escultura3

escultura4

Esta escultura é baseada em uma lenda urbana pelos escultores Sergejus Plotnikovas e Svajūnas Jurkus. Diz a lenda que em 1959 o guardião do castelo de Klaipeda Hans Von Heidi viu um fantasma. A criatura sobrenatural não lhe fez nenhum mal, pelo contrário, apenas o advertiu que as reservas de grãos e madeira da cidade seriam suficientes e logo depois desapareceu no nevoeiro. Em homenagem a história a escultura foi criada e está situada perto das ruínas do castelo que dizem trazer boa sorte para aqueles que se atreverem a aproximar-se.

  1. “Os viajantes” na França

escultura5

escultura6

Os viajantes são uma série de esculturas espalhadas pelas ruas e esquinas de Marsella, obra de Bruno Catalano. Todas elas são esculpidas em bronze e parecem estar evaporando, criando uma ilusão de ótica chocante. Por meio de sua obra, o artista dramatiza a condição errante desses viajantes que, quem sabe um dia, chegarão a seus destinos.

  1. “O Homem pendurado” na República Tcheca

escultura7

escultura8

Obra de David Cerny, o “Homem Pendurado” representa o psicanalista Sigmund Freud, uma das personalidades mais importantes na história da República Tcheca, pendurado em um poste observando, tranquilamente, a vida daqueles que passam por ali. Criada em 1996, o autor estava tentando responder a pergunta sobre qual seria o papel de Freud no momento atual – simples ou não, a resposta seria observar o homem mundano.

  1. Charles La Trobe na Austrália

escultura9

escultura10

Charles La Trobe foi um inglês vice governador da Austrália no século XIX que transcendeu por sua atividade política e científica. A obra de Charles Robb tem a intenção de homenagear La Trobe de forma transgressora. O fato estranho da escultura estar de cabeça para baixo é para criticar o sistema de valores atual, inundando as cidades com monumentos sem sentido esquecendo das figuras realmente importantes. A obra foi apresentada em uma exposição no ano de 2007 e, logo depois, instalada definitivamente nas ruas de Melbourne.

  1. “Arma amarrada” nos Estados Unidos

escultura11

escultura12

A escultura Knotted Gun pelo artista Carl Fredrik Reuterswärd está localizada ao lado dos edifícios das Nações Unidas, em Nova York. Ela foi concebida como um tributo a John Lennon, morto por um ferimento de bala, e dá visibilidade ao movimento contra a violência originado na Suiça.

  1. “Le Passe-muraille” na França

escultura13

escultura14

Baseada em uma história curta do novelista francês Marcel Aymé, o escultor, pintor e ator Jean Marais deu forma ao homem que um belo dia descobriu que possuía a habilidade de atravessar paredes, roubou bancos, escapou da cadeia e invadiu casas. Dutilleul, nome do protagonista, está imortalizado em uma parede no bairro parisiense de Montmartre.

  1. Músico emergindo do chão na Holanda

escultura15

escultura16

Em homenagem a dezenas de judeus dos países baixos que foram deportados para campos de concentração após a invasão dos alemães a capital holandesa, a obra de um autor desconhecido simboliza o irreprimível povo judeu que costumava concentrar-se em Amsterdam. A obra está localizada em um complexo de edifícios que abriga a prefeitura e a Ópera da cidade chamado Stopera.

  1. “Crocodilo” nos Estados Unidos

escultura17

escultura18

A  série Life Underground, de Tom Otterness, concentra sua atenção na estação de metrô de Nova York. A escultura de um crocodilo saindo do bueiro e mordendo um homem com uma bolsa com cifrão no lugar da cabeça simboliza e critica o sistema capitalista que impera nos Estados Unidos.

  1. “Searching for Utopia” na Bélgica

escultura19

escultura21

escultura20

Uma tartaruga gigante montada por um cavaleiro, ambos esculpidos em bronze pelo artista Jan Fabre para ser exibida em um festival de arte moderna que aconteceu na cidade belga de Nieuwpoort. A popularidade da obra entre turistas e cidadãos levou as autoridades a comprá-las para converter em um símbolo da cidade.

  1. “Out of Order” no Reino Unido

escultura22

escultura23

Criticada pela comunidade local e adorada pelos turistas, a escultura de David Mach é composta pelas famosas cabines telefônicas londrinas em efeito dominó. Ela foi instalada em 1987 e tornou Kingston, sudoeste de Londres, em um dos lugares mais visitados da região.

  1. “Burocrata desconhecido” na Islândia

escultura24

escultura25

Muitas cidades exibem estátuas em reconhecimento ao trabalho do soldado desconhecido, um ato simbólico para reconhecer o valor de todos aqueles que arriscam suas próprias vidas pelo bem estar dos outros. Mas, homenagear o burocrata desconhecido é algo um tanto diferente e foi o que Reykjavik, capital da Islândia, fez. A estátua é dedicada ao trabalhador do estado que ajuda a atravessar complicadas causas legais. Obra de Magnús Tómasson.

Fonte: Habitissimo

creativeDTLOGO2-e1416597059916Equipe D&T

Compartilhe
Comentários